Compromisso criativo

Lua Nova_20 julho

Esta é a segunda Lua Nova no mesmo signo este ano; tal só voltará a ocorrer em março de 2023, pelo que os padrões energéticos que ativarmos agora estarão a vibrar até essa data. Conhecida como Lua Negra, começou o seu ciclo na Lua Nova do Solstício de Verão, em 21 de junho, trabalhando questões ligadas ao paradigma do Divino Feminino (signo de Caranguejo). A Mãe nutre(-se), cuida(-se) e protege(-se): o pronome reflexo sublinha aqui a importância de começar sempre este processo por nós mesmas, pois o que está dentro reverbera fora.

É imensa a tentação de nos descentrarmos com a desculpa de que temos de cuidar dos outros, temos de cumprir metas de produtividade, temos de… Sabemos que a sociedade contemporânea valoriza este ímpeto para o exterior, que nos conduz a estados de exaustão profunda. Daqui advêm sentimentos de vitimização e de culpa(bilização), marcados pelo desejo de controlo, que, por seu turno, traz rigidez e polarização. Antes de mais, porém, devemos assumir responsabilidade pelas nossas escolhas, deixando de viver no drama (ocorre-me como exemplo imediato o enredo das telenovelas ou dos reality shows, em que as pessoas se movem só nas águas da emoção, sem raiz onde pousar nem céu a mirar).

O mundo mostra agora que pouco ou nada é previsível e que o compromisso de mudança terá de ser assente na nossa autoaceitação, enraizada na intuição criativa. Urge construir o nosso templo interno a partir da conexão com o silêncio, cultivando o recolhimento meditativo de modo regular. Por vezes, pensamos que meditar implica uma série de práticas esotéricas impossíveis de cumprir no quotidiano acelerado em que vivemos; na verdade, a meditação é, antes de mais, a disponibilidade para escutar o silêncio e pode assumir diversas formas (desde fumar um cigarro, modalidade desaconselhada pelo teu médico de família, até dar um passeio ao ar livre). Fundamental é trazer consciência aos nosso atos e crer na intuição, com humildade para pedir ajuda aos nossos Guias (“Anjo da Guarda, fiel companhia, guarda minha alma, de noite e de dia” recito, comprazendo-me no jogo da rima). Hoje, escolhe o que queres para ti no futuro mais próximo e começa a agir, honrando a tua paixão, em alegria e confiança, na certeza de que a palavra é um dos poderes que nos foi concedido para manifestar o Amor.

Image Diana V. Almeida. Street Art, Lisboa