Lua Cheia, 16 maio 2022

Há dias, numa consulta de Karam Kriya com o Shiv Charan Singh, expus a minha ansiedade face às expetativas de dever ter já construído um quadro laboral próspero, quase dois anos depois de ter deixado a academia. Falámos do contexto atual, em que a experiência coletiva está conformada pela contração, o que não ajuda quem optou por se dedicar à área do desenvolvimento humano, claro. Depois, a atenção focou-se em mim, no modo como a instabilidade externa reflete sempre de algum modo a paisagem interior.

“Sim, Deus é o centro, sem dúvida, mas como se manifesta em concreto na tua vida essa experiência?”, perguntou o Shiv Charan. Fui rápida no gatilho, exibindo a lição aprendida, “Permanecendo no momento presente, aqui e agora”. “Sim, mas onde é aqui e agora?”, prosseguiu ele, como bom provocador. Lancei o olhar em redor, toquei com ênfase nos braços da cadeira. “Isso é fora”, continuou ele, “onde é aqui?”. Apontei para o terceiro olho; ele sorriu, “Isso é alto demais!” e levou a mão ao centro.

Fiquei perplexa. Eu, a mulher dos corações em toda a parte, que nomeio as minhas propostas de trabalho a partir do quarto chakra, esquecera o caminho para mim. Desnorteada por carências alheias, por listas de infindáveis tarefas, deixara de honrar o divino, no centro do centro, além de qualquer fuga. Devolvi o sorriso, cheia de compaixão por mim mesma, eterna aprendiz.

Ao inspirar visualiza linhas de luz irradiando do coração para o mundo, ao expirar recolhe a ti, iluminando o centro onde habita o divino, tua face sagrada. O mantra Sat Naam pauta esse percurso — a verdade é a minha identidade. Possamos cultivar a disciplina ­­nas escolhas quotidianas, para lograrmos mergulho, soltando resistências, confiantes no fluxo divino. Neste momento em que o corpo emocional singular e coletivo está tão exposto, pronto a ser curado, voltemos ao coração.

@Diana V. Almeida. Street Art, Lisboa

+ Se a minha escrita te toca, considera trabalhar comigo no Escrever o Coração, um workshop que une técnicas meditativas e de yoga, com estratégias de criatividade, ao encontro de ti mesm@. Próximas datas — 29 maio (14-16h, Encontros Alternativos de Sintra); 19 junho (Solstício de Verão, Ashram Ram Dass Guru, Sta. Susana).

Depois do verão vou propor um curso de escrita pessoal online e/ou presencial e retiros de fim de semana em colaboração com outros facilitadores. Escreve-te!

Partilha:
Scroll to Top