Alegria furiosa

Lua Nova_19 agosto 2020

Esta Lua ilumina as sombras internas e o seu fogo ajuda a eliminar padrões que já não servem o nosso propósito evolutivo, em especial no que diz respeito à competitividade (e suas comparações) e à co-dependência (e suas manipulações). O ímpeto revelador deste movimento pode ser bastante desconfortável, pois a verdade vence de modo abrupto as ilusões que temos vindo a cultivar e pede que nos responsabilizemos. Assumir a responsabilidade parte do pressuposto de que temos sempre uma escolha e devemos fazê-la partindo da escuta (nossa e dos outros) e da visão do bem maior.

Atravessamos um momento em que é possível dar saltos quânticos, deixando velhos apegos que giram em torno de mecanismos de ataque e defesa. Os astros alinham-se para potenciar os elos entre coração e mente, ajudando-nos a clarificar intentos e a focar energia na ação efetiva. É por isso fundamental reclamar a alegria furiosa que nos alimenta e ousar seguir o caminho da paixão, contra eventuais expetativas sociais e familiares, que nos pesam porque as assumimos como nossas.

Vamos honrar este momento de transição, reconhecendo que estamos a imaginar individual e coletivamente novos caminhos. Tal pede coragem e confiança na nossa autoridade interna. Por isso, se a pressão for demasiada, retira-te do bulício para te (re)conectares e/ou movimenta/liberta energia através do exercício físico. E recorda que estamos sempre à altura dos desafios que a vida nos coloca; basta usar os recursos (visíveis e invisíveis) que estão ao nosso dispor.

Image Diana V. Almeida. Street Art, Lisboa.