Lua Nova, 27 agosto 2022

Quando acordo, ainda embrulhada em sonhos, cada vez mais intensos nos últimos meses, começo por evocar os princípios do Reiki, numa espécie de oração — “Só por hoje vou ser grata, vou amar e respeitar todos os seres vivos, vou trabalhar honesta e arduamente sobre mim mesma, não me vou irritar, não me vou preocupar”. A magia encantatória da repetição ajuda a sintonizar mente e desejo, sim; daí as afirmações, proferidas de coração aberto, serem âncora no reboliço dos dias. Depois, faço uma massagem ao ventre, aos seios, aos rins e, lançando ao ar lençóis e cobertor, esfrego vigorosamente pés e mãos, para ativar a circulação. Estas são aprendizagens do Kundalini Yoga, que me tem ajudado a enraizar no corpo, nave divina nesta viagem terrena.

Geralmente, começo por abrir as portadas, olhos da casa, enquanto a cadela Laya faz pinotes pelo pátio. Logo acendo uma vela, que mantenho viva o dia todo. Ontem, dei por mim presa no movimento mecânico de riscar o fósforo, desligada da real intenção que me move. Parei, então, perplexa — é tão fácil fugir ao nosso intento, perdidos nos meandros da cabeça, no tempo paralelo do passado e do futuro! Respirei.

Por esta altura, já sei usar o vento (Pavan) como aliado, evocando o mantra semente (Bij Mantra) “Sat Naam” (a Verdade é a minha identidade) que, qual espada, corta o pensamento e traz-me aqui e agora, onde quero estar, em presença. Sentei-me à mesa da sala, frente à luz dançarina da vela, e escrevi — Guardar a reverência nos gestos repetidos, alinhada no abismo do mistério maior. E fui à minha vida.

Neste (quase) retorno à rotina, após a pausa estival, urge recolher os frutos do verão, repensar rumos, retraçar rotas, para podermos seguir alinhados, em consciência. A atenção ao detalhe quotidiano pode ser uma estratégia de consagrar o tempo, imbuindo o hábito da aura de sacralidade que nos recorda estarmos aqui de passagem, aprendendo a amar, mais e melhor cada dia.

E tu, como sagras os teus dias?

Image Diana V. Almeida. Self-portrait with dancing Gyan Mudra

Escrever o Coração_Outono 2022
 
Setembro
9 — Alegria
Estúdios Quinta Essência, Alcobaça (15-16h)
 
10 — Caminhar no Coração, com Maria João Ferraz
Caminhada meditativa em silêncio com propostas de escrita
Serra de Sintra (10-18h)
 
11 — Criatividade e Amor
Masterclass
Feira Alternativa de Lisboa, Auditório (19h45-20h30)
 
13 — Sessão aberta
Inscreve-te por mensagem para participares
Online (19h00-20h)
 
17 — Escrita de Mim
Curso de escrita pessoal
Restantes sessões a 1, 15 e 29 out., 12 e 26 nov. 2022
Online (15-19h)
 
24 — 7 Escritas
Conhecer e potenciar a energia dos 7 chakras
Restantes sessões a 8 e 22 out., 5 e 19 nov., 3 dez., 7 e 21 jan. 2023
Online (15-19h)
 
Outubro
2 — Riding the Water Tiger: Creativity Festival
Quinta Ten Chi (programa a definir)

Partilha:
Scroll to Top