Lua Cheia, 9 outubro 2022

No seu magnífico livro Esperança Ativa: Como encarar o caos em que vivemos sem dar em doido, Joanna Macy e Chris Jonhstone propõem um exercício curioso. Os autores começam por reconhecer a gravidade da atual situação ecológica e humana, traçando três reações possíveis — a vidinha do costume, advogada por aqueles que pretendem continuar como se nada fosse; a negatividade cínica de quem assume nada haver a fazer senão seguir em frente, até à colisão fatal; a esperança ativa, ou seja, a assunção de um agenciamento consciente, construído através de uma rede cooperativa que vá cocriando soluções alternativas para defrontar a crise.

Joanna Macy é uma filósofa budista proponente da Ecologia Profunda e do Pensamento Sistémico. Desde o final da década de 1970 que vem tecendo uma abordagem de síntese entre espiritualidade e ativismo, a que chama O Trabalho que Reconecta. É seu objetivo confesso reacender a esperança nos corações, de modo a que os desafios contemporâneos possam ser superados. Chris Jonhstone começou por exercer psicologia em hospitais públicos e, quando teve um acidente quase fatal devido aos extensos turnos de trabalho, decidiu mudar de vida, desenvolvendo uma perspetiva holística da saúde mental. Considera o impacto da desesperança institucionalizada no equilíbrio individual e sugere modos de cultivar a confiança, a partir do empenho na construção de soluções para a crise de consciência coletiva que hoje atravessamos.

Em Esperança Ativa são propostas várias práticas para cultivar a resiliência e manter o foco numa ação positiva. Uma delas é a carta do futuro, um exercício de teletransporte para um tempo a vir, em que foram, enfim, transpostos o perigo da aniquilação e as brutais desigualdades que separam pessoas e nações. Como olharão os humanos do futuro para nós, vendo com distanciamento as lutas hoje travadas? O que nos dirão nessa missiva?

Somos pioneiros da Nova Terra. Tal consciência pode elevar a nossa visão, escorar a nossa ação. A atual intensidade pede ancoramento, raiz numa fé profunda, assente em alegria e gratidão. Estamos unidos, numa onda crescente que envolve a Terra, juntando todos aqueles que emanam a mesma frequência. Agradece a ti mesmo a força com que susténs a tua intenção amorosa. O mesmo farão, por certo, as gerações futuras ao olharem para trás.

Image Diana V. Almeida. Street Art, Chile, janeiro 2012.

Próximos eventos

10 outubro — Escrever o Coração: De médico e louco

Comemoração do Dia Mundial da Saúde Mental, Centro Cultural e Juvenil de Sto. Amaro, Câmara Municipal de Almada e Associação Novo Mundo. 16h30-18h30. Como pode o impulso criativo, estimulado por estratégias meditativas, contribuir para criar uma coerência interna?

::::

Escrever o Coração_Cursos Online e Mentoria Criativa

_Escrita de Mim para quem quer explorar técnicas de expressão autobiográfica e trabalhar o processo de aperfeiçoamento de texto, a partir da leitura e análise de crónicas, artigos e ensaios pessoais.

_7 Escritas para quem quer estudar os 7 principais chakras, portais que unem o corpo físico e energético e nos abrem às diversas dimensões da existência, através da escrita e de exercícios de meditação e de yoga.

_Mentoria Criativa para quem quer desenvolver um projeto de escrita ou trabalhar uma temática específica com acompanhamento individual.

Cursos abertos a inscrições, com datas a determinar de acordo com a disponibilidade dos participantes.

Caminhar no Coração

Serra de Sintra, 10h00-14h. Caminhada meditativa em silêncio guiada pela Maria João Ferraz, com exercícios de yoga, meditação e escrita propostos por mim. Todos os primeiros domingos do mês — 6 novembro e 4 dezembro 2022, 1 janeiro (para abrir o ano em grande!), 5 de fevereiro, 5 de março 2023.

Para mais informação, viaja no site ou envia-me uma mensagem privada, por favor.

Bem-hajas!

Partilha:
Scroll to Top